quarta-feira, 27 de abril de 2011

Descoberta estátua enorme de Amenófis III

Arqueólogos egípcios descobriram, perto de Luxor (sul) uma estátua enorme de Amenófis III, uma das maiores já vistas deste faraó, anunciou nesta terça-feira o secretário de Estado para as Antiguidades, em um comunicado.

A escultura em quartzita, com mais de 13 metros de altura, foi encontrada em sete pedaços no templo funerário de Amenófis III em Kom al Hitan.

Segundo o comunicado, trata-se de uma das duas estátuas colocadas na entrada norte do templo, que provavelmente foram destruídas pelo terremoto do ano 27 antes de Cristo.

A estátua, cuja cabeça ainda não foi encontrada, estava enterrada desde então.

A outra estátua será extraída em breve, acrescentou o comunicado.

"A missão arqueológica trabalha agora para limpar, reunir e restaurar as sete partes para colocá-las no lugar e procurar a cabeça da estátua", acrescentou a secretaria de Estado para as Antiguidades, acrescentando que o faraó de pedra voltará para a entrada do templo.

Amenófis III, que reinou no Egito entre 1390 e 1352 antes de Cristo, foi o pai de Akenaton, "o faraó herege", considerado um precursor do monoteísmo porque tentou impor o culto exclusivo a Aton, e avô de Tutancamon.

Nenhum comentário:

Postar um comentário