sábado, 6 de fevereiro de 2010

"O mais que humano em nós"!

Ontem, aproveitando a noite quente de verão, fui tomar um delicioso chopp preto, na companhia de uma pessoa muito querida.

Depois de muitos encontros e desencontros, entendidos e maus entendidos, mais uma vez nos encontramos com a proposta de conversar aberta e francamente questões pendentes e lógico... matar saudade!...

É uma amizade regada com muito carinho, respeito e acima de tudo, admiração!
Sempre falo sobre a importancia de Confiança, respeito, cumplicidade e admiraçao em um relacionamento. Seja qual for este relacionamento... hetero, gay, amigos, amigas, familiar...

Meu propósito hoje, é incentivar você, em qualquer relacionamento que você esteja, promover estes 4 sentimentos, que juntos formam uma força poderosa capaz de acabar com qualquer duvida ou ressentimento, que ao se sentir ofendido(a) você optou por fomentar e com isso gerar uma série de desconfortos pra você e para o outro, limitando a comunicação e coisas muito boas que você pudesse viver.

Opte principalmente por admirar a alma desta pessoa e respectivamente o que ela busca como missão de vida e de alma...
Opte admirar suas duvidas... seus receios...
Opte admirar por ele(a) não saber que duvidas e receios são esses...
Opte admirar aquele sorriso maroto e o baixar de olhos, quando você pergunta algo que o(a) constrange, porque esta pessoa pode ser homem/mulher, mas aquele menino/menina está ali pra ser respeitado(a), entendido(a), valorizado(a), amado(a) emsua simplicidade. (É muito desafiador chegar no simples assim , viu?!)

Se assim você fizer ou agir, encontrará alguém cheio(a) de magia... reconhecerá a verdadeira identidade e sabedoria desta pessoa sem jamais criar uma expectativa, pois aquela figura que você quer seja, que exista conforme sua vontade, nunca existiu e nem vai existir...
Este alguém pode ser sim esta pessoa que você está reclamando e de certa forma não consegue se entender, porque está desconsiderando a alma e porque insiste em querer colocá-lo(a) dentro de seus padrões e expectativas.

Este post é uma homenagem para esta pessoa, querida... e para você leitor(a)um pedido de reflexão.
Será que é utópico demais pedir que os relacionamentos sejam como canta Caetano Veloso na música "Tá Combinado" ?

Veja um video clip alternativo... porque Bethania é bacana.. mas só tem voz..nenhum video que valha apena mostrar a beldade..... e acompanhe a letra..

Abra seu coração as forças da criação. Una-se a verdadeira essencia de seu ser!
Madame Sadala

Tá Combinado
Caetano Veloso

Então tá combinado, é quase nada
É tudo somente sexo e amizade.
Não tem nenhum engano nem mistério.
É tudo só brincadeira e verdade.

Podemos ver o mundo juntos,
Sermos dois e sermos muitos,
Nos sabermos sós sem estarmos sós.

Abrirmos a cabeça
Para que afinal floresça
O mais que humano em nós.
Então tá tudo dito e é tão bonito

E eu acredito num claro futuro
de música, ternura e aventura
Pro equilibrista em cima do muro.

Mas e se o amor pra nós chegar,
De nós, de algum lugar
Com todo o seu tenebroso esplendor?

Mas e se o amor já está,
se há muito tempo que chegou
E só nos enganou?

Então não fale nada, apague a estrada
Que seu caminhar já desenhou

Porque toda razão, toda palavra
Vale nada quando chega o amor


2 comentários:

  1. A sensibilidade de quem faz boas canções...
    Artistas que em poesia falam sobre a vida, nos ajudam a deixar tudo tão claro...
    Muitos vivas à arte.
    Que lindo texto, Chris.

    "Penso que cumprir a vida seja simplesmente
    Compreender a marcha e ir tocando em frente
    Como um velho boiadeiro levando a boiada...

    ...Cada um de nós compõe a sua história
    Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
    De ser feliz...

    ...É preciso amor pra poder pulsar,
    É preciso paz pra poder sorrir,
    É preciso a chuva para florir...
    (Almir Sater)

    ResponderExcluir
  2. Camila querida!
    Obrigada por seu comentário absolutamente sensível e que contribui com o espirito do post.
    Vamos olhar para nossos relacionamentos com simplicidade... é um desafio é verdade.. mas é o uma escolha!
    Um grande beijo

    ResponderExcluir