sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Sai desse looping!

Essa coisa de religião e doutrinas está confundindo cada vez mais a cabeça das pessoas em vez de abrir o coração para a fé certa, a fé que cura e a fé que constrói e cria, contagia, amadurece e evolui o ser humano.
Eu me recuso a participar de qualquer grupo religioso, porque todos estes grupos tem um dirigente "doutrinando" de acordo com o que ele acredita, e não o que de fato tem que ser... fazendo a abençoada cabeça oca das pessoas.

E na medida que esses "diregentes espirituais" vão falando as bobagens, que normalmente são "chavões sobre as mazelas dos seres humanos", ou seja... qualquer cinco ou seis frases que forem proferidas, cerca de 50% atingirá qualquer pessoa na face da terra.
DEixam de fazer a verdadeira diferença.. a grande maioria cai nessa lorota toda... mas porque alguns não?
Estes alguns, olham na essência do que a pessoa está falando, observa a vida deste "líder", e realmente pensa em tudo que esta pessoa está falando e fica com a energia e a intenção.
Abre o coração para "sacar" se foi honesto ou não.. se de fato ele está falando mais que o "o homem da cobra" ou se ele pratica tudo que ele fala!
Outra coisa que as pessoas não percebem e não pensam sobre o assunto... é que acham que todos que estão a frente de um centro de umbanda ou kardecista, igrejinha de crente, Igreja, ou qualquer outra coisa estão lá com a melhor das intenções.. e não é bem assim não...
Estas pessoas que estão na liderança são as pessoas que mais tem a aprender, principalmente as questões de ego e de não interferência no livre arbítrio; tem também as questões de não haver punições (afinal punição e castigo é coisa do ser humano e não de deus) e ficar unica e exclusivamente no amor... Sem julgar, sem criticar, apenas para orientar, confortar e acalentar quem chega com qualquer dor e sem medir os tamanhos das dores, afinal dor é dor e cada um tem a sua!
Com isto muitos vão fazendo coisas horrorosas "na caruda" e as pessoas pagam por isso, aceitam isso e pior as vezes nem percebem que estão sendo vampirizadas em suas energias.
O pior disso tudo são aquelas pessoas que vivem falando de energia... quem tem energias boa e energia ruim, se está sendo perseguida ou não, sem a menor disponibilidade de neutralizar o julgamento, abrir o coração para o novo e observar com atenção TODOS OS SINAIS E DICAS QUE O UNIVERSO COLOCA BEM A FRENTE DE SEU NARIZ. Não existe uma unica doutrina que fale a verdade total, não existe uma unica pessoa que saiba tudo, não existe um espirito de luz mais forte que o outro... estamos aqui para aprender a nos relacionar e trabalhar em equipe. Se você quer crescer precisa se libertar de doutrinas e passar a estudar a religião. (Do latim re + ligare - Conjunto de ideologia, ética e ritual, estabelecido nas relações que une o homem a Deus, ou seja... religião significa LIGAR-SE A DEUS!)
Luz é Luz... existe sim a intensidade e o quanto estamos prontos para receber esta luz, aceitar que purifique nossas sombras.
ahhhh.. sombra.. a sombra é o ego, egoismo, julgamento, mentira, manha, sexo excessivo sem a celebração da vida, ausencia de sexo por medo de desfrutar da celebração da vida e do amor, miséria, ganancia, escassez, desperdício....
Qual é o tamanho de sua sombra? Quanto mais na sombra, menos você consegue ver a verdade sobre você e menos ainda sobre o outro...
É na sombra que estão os encostos, a sujeira de sua aura por sair por aí.. beija um, beija outro(a), e fica com um e fica com outro(a) e briga na familia e briga no trabalho... e assim vai.. isso tudo vai densificando seu campo magnético e você fica realmente perturbado(a) com um simples convite ou com a possibilidade de compartilhar novas idéias.
Sugiro momentos de silêncio e recolhimento para que você possa saber qual o caminho quer seguir, antes de ficar nesse looping e transferindo a responsabilidade das suas escolhas para questões religiosas ou declarando falta de coragem em seguir com novas propostas.
Pense Nisso... Se liberte! aproveite a energia de virada de ano e saia disso!
Madame Sadala

Nenhum comentário:

Postar um comentário