terça-feira, 14 de julho de 2009

Entrega (s.f. ação de entregar. transmissão, rendição)


Entregar (dicionário aurélio)
v.t. Passar às mãos de alguém. / Confiar. / Dar, restituir. / Denunciar, trair. / &151; V.pr. Render-se; submeter-se. / Dar-se, dedicar-se inteiramente: entregou-se de corpo e alma ao amor.

O ser humano anda muito medroso em se entregar; não só para o amor.. mas para tudo que faz. Falta comprometimento, paixão para dedicar a entrega em viver o amor por outra pessoa, por um trabalho, por um ideial... por qualquer coisa.
Que falta de motivação é essa??!
Ou será que são os motivos do passado que limitam as atitudes do agora?
A Entrega no amor, exige que um conheça o outro, que desvele dia após dia os gostos de cada um, as manias, os defeitos, as qualidades... Interessantemente que venho percebendo que as pessoas escondem esta bela complexidade, assumindo comportamentos que não são de sua personalidade, traçando um perfil falso.
Acredito que seja com medo da reprovação e da recusa.. mais que isso o MEDO DA ENTREGA e mais uma vez falhar.
Oras bolas.. como você vai saber se está tendo sucesso se não falhar?
Este medo é o pior... ele nos confunde... nos faz sofrer muito... muito mais do que se entregar e ver que não era nada daquilo!
Eu já me entreguei muito... eu, você e a torcida do conrinthinas inteirinha.. isso faz parte de nossa grandeza como ser humano.
Essa entrega foi aceita por mim antes de qualquer coisa e foi dela que adquiri conhecimento para lidar com outras entregas.
Depois disso.. teve um tempo que me entreguei para espiritualidade e depois para o trabalho e depois paa espiritualidade e depois resolvi que não ia mais me entregar pra nada!!
Sabe o que descobri???
A Vida sem entrega pessoal não é nada... Ela se torna cinza, turva... a vida sem a entrega pessoal é algo influenciado pela loja negra, porque é sombrio, amargo e está muito londe de ser harmonioso, leve, alegre... Ficamos doentes, mau-humorados, as prosperidade e abundância ficam escassas.
Aí surgem situações, pessoas, coisas que nos despertam para a entrega... e você se vê naquela situação.. é como pular de body jumping.. é seguro! mas e o medo?!
Caramba!! eu já me senti esse frio na barriga e no final me lasquei!! e agora??
E aí começa as dúvidas, as incertezas, o receio de perder algo que ja tem... o coração bate mais forte, você pensa na pessoa o tempo todo, pensa quer conversar, desabafar, falar sobre seu time do coração, falar mal de alguem que você precise, discutir um planejamento de vida... nossa!
Derrepente surge alguem numa super sintonia e surge junto aquele baita medão da entrega.. porque os outros foram tão ruins.. porque os outros e bla bla bla bla bla bla...
Mas de verdade... olha para trás.. olha para todos os outros relacionamentos e veja se eles foram iguais?
Olha pra trás e veja como você saiu fortalecido(a) deste relacionamento!
Olha pra trás e veja quanta coragem e que delicia que é se entregar para o desconhecido e descobrir que este é o verdadeiro sentido da vida.
Nós temos que fazer nossa parte dentro da Loja branca.. e nossa parte consiste em pensar, sentir e fazer a mesma coisa, ou seja pensar, sentir este pensamento e executar o pensamento.
Ficamos perdidos, desorientados e atordoados, quando pensamos, sentimos o que pensamos e fazemos exatamente o contrário.. isso não é honesto! (além de ser uma coisa burra!..pensa bem..)
Procure vibrar a justiça e o amor próprio por você... da mesma forma que você trás a tona o medo, aí dentro de você... está a coragem. Usufrua desta energia.

Renda-se!

Madame Sadala



2 comentários:

  1. ILUMINADA! Tão sábias tuas palavras e tão cabíveis na minha vida neste momento...mais um presente de Deus, assim como meu amado, que lendo teus textos, vejo refletido o medo dele, de render-se, de entregar-se..porque? Esse medo (tão negro) me fere tanto, nos castiga, nos priva, queria tanto que ele se livrasse...vejo pelos olhos dele, que esse medo não condiz com o que mora em teu coração..porque não render-se aos nossos momentos que são deveras Celestiais? Um beijo enorme!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom seu comentário.. pena que "ficaste" no anonimato!
    Bjs

    ResponderExcluir